Print
как создать сайт на Joomla 3

A Escola Superior de Ciências Marinhas e Costeiras da UEM (ESCMC), localizada em Quelimane, colocou hoje (15/11) à disposição do mercado 113 técnicos superiores nas áreas de Biologia Marinha, Geologia Marinha, Oceanografia e Química Marinha. Trata-se da VII cerimónia de graduação no ano em que a Escola celebra o seu 13º aniversário.
Na ocasião, o Secretário Permanente da Província da Zambézia, Dr. Júlio Mendes, frisou que o Governo de Moçambique dá particular importância a formação de recursos humanos para responder aos desafios de desenvolvimento do país, visando a erradicação da pobreza e promoção do bem-estar social e o desenvolvimento económico do país.
Disse que a província da Zambézia é privilegiada por dispor de uma escola vocacionada para o estudo do mar, por sinal, a única na África Oriental. "É, portanto, com renovada esperança e satisfação que participamos neste evento convictos de que o governo, a população da Zambézia e o país contam, a partir de hoje, com novos 113 especialistas em matérias relacionadas com as ciências costeiras e mar capazes de impulsionar o bem-estar do nosso povo", disse.
Todavia, desafiou aos graduados a transformarem os conhecimentos adquiridos em produtos tangíveis de combate a pobreza por forma a honrarem o investimento feito pelo governo, pela Universidade e pelos pais e encarregados de educação.
Por seu turno, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, garantiu que a sua instituição tem estado a empenhar-se para melhorar cada vez mais a qualidade de ensino, promovendo a inovação através da investigação no âmbito do seu Plano Estratégico 2018-2028.
Segundo disse, trata-se de um desafio possível que, como tal, se tem estado a desenvolver com o apoio dos parceiros e da sociedade em geral, um conjunto de acções que se orientam para a sua operacionalização. São acções relacionadas com o desenvolvimento de recursos humanos qualificados, com a consolidação da pós-graduação, o desenvolvimento de infraestruturas, incluindo acções tendentes à implementação efectiva da política social.
Aos graduados, disse tratar-se do fim de uma etapa que encerra consigo outro tipo de desafios que vai demandar uma capacidade de adaptação à mudança. "Esperamos que as experiências adquiridas durante a formação sejam úteis para orientar-vos ao longo da vossa vida profissional e que, orientados pelos mais nobres valores de humildade académica, se constituam como verdadeiros agentes de transformação social nas vossas comunidades", anotou.
Em representação dos graduados, a licenciada Paloma Xavier, sublinhou que a obtenção do grau académico só foi possível porque em muitas ocasiões tiveram que abrir a mão de convívios familiares em busca da honra representada simbolizada pelo reconhecido canudo. "Durante esses 4 anos, nos tornamos amigos, irmãos, companheiros, cúmplices e parceiros, já pensamos em desistir mas a vontade de vencer e de honrar com o compromisso assumido com os nossos pais, com a Escola e com nós mesmo, era mais forte que tudo", destacou.
Na cerimónia foram oferecidos prémios em espécie e em género aos melhores estudantes durante a formação. O evento contou com momentos culturais abrilhantados pelo grupo coral da Escola e de uma banda local.

русский бизнес