Objectivos

São objectivos da Escola Superior de Ciências Marinhas e Costeiras:

  • Desenvolver e ministrar cursos e programas de graduação, pós graduação e de curta duração sobre o mar e zonas costeiras;
  • Realizar pesquisas e actividades de extensão multi-disciplinares com ênfase particular nos aspectos estratégicos de protecção, conservação, utilização e exploração sustentável do mar e das zonas costeiras;
  • Contribuir para a manutenção e conservação da biodiversidade marinha e costeira;
  • Contribuir para a identificação, valorização e conservação do património arqueológico marinho e costeiro de Moçambique;
  • Criar uma capacidade técnico-científica e profissional sobre assuntos do mar e das zonas costeiras;
  • Promover o conhecimento de instrumentos jurídicos sobre o mar e zonas costeiras;
  • Contribuir para o desenvolvimento das comunidades locais através de parcerias entre as comunidades locais, e as comunidades académicas e científicas;
  • Contribuir para a adopção de políticas e legislação sobre a utilização do mar e zonas costeiras;
  • Promover a colaboração inter-disciplinar, inter-institucional e inter-sectorial em assuntos do mar e zonas costeiras;
  • Promover a partilha de informação e de conhecimentos entre as partes envolvidas e/ou interessadas em assuntos do mar e zonas costeiras.

 

Missão

A Escola Superior de Ciências Marinhas e Costeiras da Universidade Eduardo Mondlane pretende, através de ensino, investigação e extensão, criar capacidade para a utilização e exploração sustentável do mar e das zonas costeiras, para o benefício das comunidades e para desenvolvimento do país e da região. 

 

Visão 

O mar e zonas costeiras deverão ser utilizados e explorados de uma forma sustentável, beneficiando as comunidades e contribuindo para o desenvolvimento nacional e regional.

 

Estratégias 

Para a concretização das funções a ESCMC define as seguintes estratégias de desenvolvimento:

• Constituir-se como uma unidade dinâmica com estrutura simples, eficaz e eficiente, de formação, investigação e extensão, ao serviço do desenvolvimento marinho e costeiro assim como de serviços marítimos no país e na região, nas seguintes áreas:
   - Ecossistemas marinhos e costeiros
   - Biodiversidade marinha e costeira 
   - Pesca e aquacultura
   - Recursos minerais marinhos e costeiros
   - Serviços e segurança marítimos
   - Gestão integrada das zonas costeiras 
   - Engenharia costeira 
   - Arqueologia marinha e costeira

• Criar e consolidar um corpo de docentes e investigadores com elevada competência científico-pedagógica, bem como profissional, capazes de se empenharem na inovação.

• Explorar sinergias entre os Departamentos, Faculdades e Centros existentes na UEM, nas instituições existentes no país e na região, para a realização dos seus objectivos.

• Capacitar, continuamente, os recursos humanos integrados na vida activa, incentivando à especialização e à formação permanente.

• Promover intercâmbios nacionais e regionais entre peritos e profissionais em assuntos do mar e zonas costeiras de modo a elevar os conhecimentos em matéria de gestão dos ecossistemas marinhos e costeiros.